Bem vindo ao Ácido acetilsalicílico

O ácido acetilsalicílico é um medicamento classificado como anti-inflamatório, antipirético, analgésico, como também evita o desenvolvimento, agregação das plaquetas e formação de trombos arteriais. É um pé totalmente cristalino branco ou cristais incolores, quando em seu estado puro, facilmente solúvel no éter e álcool, mas não na água.

Outro medicamento também muito conhecido que também contem o ácido acetilsalicílico é a aspirina, marca registrada da Bayer em vários países. São 113 anos de existência deste medicamento tão conhecido no mundo inteiro. A aspirina começou a ser comercializada com sucesso total em julho de 1899 pela Bayer.

Um médico de nacionalidade Grega e também muito conhecido como o pai da medicina cientifica, foi quem escreveu que o pó acido do salgueiro tirava dores e reduzia a febre, mesmo considerando que esse pó continha salicilatos altamente tóxicos. Os nativos americanos utilizavam esse medicamento para eliminar dores de cabeça, febre alta, tremores, reumatismos, entre outros. Foram encontrados vários textos que faziam menção a este medicamento no Egito e Médio Oriente.

As propriedades antipiréticas da casca do salgueiro foi descrita de uma maneira cientifica pelo então reverendo Edmund Stone do condado de Oxford, no Reino Unido, isso no ano de 1763. A salicina ou ácido salicilico (princípio ativo da casca) foi isolado no seu estado cristalino pelo farmacéutico francês Henri Leroux e pelo químico italiano Raffaele Piria, em 1828.

O conhecido laboratório farmacêutico alemão Bayer, fez um teste quimico misturando o ácido salicilato com o acetato, criando assim o ácido acetilsalicílico, também chamado de Aspirina, isso com menos teor tóxico. O ácido acetilsalicílico foi o primeiro medicamento a ser sintetizado na história da farmácia mundial e sem ser restrito na sua formulação final da natureza e foi o primeiro medicamento farmacéutico a ser comercializado em tabletes.

Até hoje em dia, ainda existem dúvidas quem na realidade criou o ácido acetilsalicílico, se foi Felix Hoffmann (conforme afirmação da Bayer) ou ainda Arthur Eichengrun (conforme vários peritos). Após a primeira guerra mundial, a titulo de reparação de guerra aos países aliados, a Bayer acabou perdendo a marca registrada Aspirina em vários países.

Foi demonstrado pela primeira vez a nível mundial o mecanismo de ação do ácido acetilsalicílico, em Londres, Inglaterra, em 1971, pelo Sr. John Vane ganhador do prêmio Nobel da medicina e fisiologia pela sua notável descoberta no ano de 1982.

Não tome este medicamento por conta própria, consulte o seu médico antes.

Síntese do Ácido acetilsalicílico

O procedimento para a síntese consiste no tratamento do ácido salicilico com o anidrido acético, junto com um pouco de ácido sulfúrico, que age como se fosse um catalisador. Foram aplicadas várias técnicas, dentre as quais podemos citar, a filtração a vácuo e a recristalização, que podem normalmente ser utilizadas.